Suco de Abacaxi com Hortelã

Suco de Abacaxi com Hortelã

Suco de Abacaxi com Hortelã

Receita:

  • 1 abacaxi fatiado

  • 1,5 litros de água

  • 5 a 10 folhas de hortelã

  • adoce a gosto

Modode Preparo:

Bata os ingredientes no liquidificador e sirva!

Sinta a refrescância!

Anúncios

Leave a comment »

Vitamina de Morango

Vitamina de Morango

Vitamina de Morango

Receita

  • Uma bandeja de morango (cerca de 3oo gramas)

  • 1 litro de leite

  • 200 gramas de leite condensado

Modo de preparo:

Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata.

Pronto para servir!

 

Leave a comment »

Peixes de ovos dourados

“Aos quais Deus quis dar a conhecer qual seja a riqueza da glória dste ministério entre os gentios, isto é, Cristo em vós, a esperança da glória.” Colos. 1:27.
Os peixes esturjões que vivem nos Grandes Lagos dos Estados Unidos, do Canadá e da Rússia foram explorados a ponto de estarem quase extintos. Mas a moderna tecnologia na Rússia e as leis que regularam a pesca desses peixes nos Grandes Lagos, iniciaram sua recupeção.
Os primeiros colonos ao redor dos grandes lagos pouco sabiam que esses grandes peixes, tão abundantes a ponto de no princípio serem considerados inúteis, um dia viram a ser muito importantes.
Os esturjões crescem até atingir um cumprimento de quase dois metros e meio e pesam até 136 quilos. São os maiores peixes dos grandes lagos. Vivem perto do fundo e comem larvas de insetos, lesmas e moluscos. Esses peixes têm grossas escamas e algumas placas ósseas que os primeiros colonos usavam como raspadores e raladores.
Os russos e os europeus orientais tem considerado o esturjão de meis valor do que os primeiros colonos dos Estados Unidos, porque descobriram que os ovos eram bom alimento e assim nasceu a indústria do caviar russo, que se tornou um negócio lucrativo.
Os esturjões têm um crescimento muito vagaroso. O macho leva de 14 a 16 anos para se desenvolver e a fêmea leva de 24 a 26 anos antes de começar a desova. As fêmeas desovam somente uma vez em 4 a 6 anos, de sorte que não é com muita frequência que elas põem ovos. De acordo com as leis da região dos grandes lagos, o esturjão deve ter um certo tamanho antes de ser capturado. Ele leva cerca de 25 anos para ter aquele tamanho quando pescado.
Os russos aprenderam a criar esses peixes em reservas, e desse modo obtêm ovos para seu caviar. O caviar é muito caro. Um vidro com cerca de 60 gramas custa 15 dólares e 25 centavos. Quando as pessoas perceberam a importância dos peixes esturjões, começaram imediatamente protejê-los.
Muitos no mundo não percebem a importância de Jesus. Ele é o mais valioso tesouro, porém muitos não descobriram. Alguns descobrirão tarde demais, outros em tempo de ir com Jesus ao céu. Ao orar hoje diga a o quanto Ele significa para você. 

Peixe Esturjão

Peixe Esturjão

Peixe esturjao

Peixe esturjao

Peixe Esturjão

Caviar

Caviar


Leave a comment »

Vitamina de Abacate

Vitamina de Abacate

Vitamina de Abacate

Receita:

  • 1 Abacate médio ou grande

  • 1 litro de leite

  • 8 clheres de aveia

  • 5 ou 7  colheres de açúcar

Modo de preparo:

Corte o abacate no meio, tire o caroço e raspe a polpa com uma colher. Coloque no liquidificador a polpa e os ingredientes e bata.

Pronto! Vitamina feita!

Leave a comment »

Vitamina de Banana

Vitamina de Banana

Vitamina de Banana

É hora de cuidar da saúde! Aí vai receitas de bebidas saudáveis e nutritivas.

Receita:

  • 3 bananas (prata, depreferência)

  • 1 litro de leite

  • 2 colheres de açúcar

  • 5 colheres de aveia

Modo de preparo:

Coloque no liquidificador os ingredientes e bata por cerca de 1 á 2 minutos.

Pronto! Sirva em copos grandes.

Leave a comment »

Bons Alimentos

Pois Ele dá água aos que têm sede e coisas boas aos que estão com fome.”  Salmo 107:9

Quando praticamos bons hábitos alimentares, nossa vida se torna saudável e feliz; e, o que é melhor, sem doenças. A maioria das pessoas jovens vive sem prestar muita atenção às leis que Deus deixou para terem boa saúde. Ignorando essas leis, colocam a si mesmas em risco para depois, mais tarde, sofrerem amargas conseqüências. A Bíblia nos diz: “Não se enganem: ninguém zomba de Deus. O que uma pessoa plantar, é isso mesmo que colherá.” Gál. 6:7, NTLH.

Penso que vocês conhecem os ursos coalas. Pelo menos já viram algum no zoológico, ou gravuras em livros e revistas. Eles são muito engraçadinhos e são originários da Austrália. Há fortes campanhas para ajudar na preservação deles, pois estão em fase de extinção. Em San Diego, na Califórnia, há um grande zoológico com uma área reservada especialmente para eles.

Os coalas têm cerca de 65 cm de comprimento, longas orelhas peludas, unhas afiadas e pele cinzenta. Eles são lentos e se alimentam de folhas de eucalipto. Já li reportagens que dizem que eles estão acabando com os eucaliptos na Austrália, pois comem todas as folhas e as árvores morrem. Se não tiverem mais folhas para comer, vão morrer, já que não comem outra coisa.

Isso nos ensina que, desde pequenos, devemos aprender a comer de todos os alimentos saudáveis. Sei de muitas crianças e jovens que não gostam de verduras, legumes e frutas. Ao se tornarem adultos, sofrerão muito, pois não terão sempre a mãe ao lado lhes preparando somente o que gostam de comer. Verduras, legumes, frutas e grãos são os alimentos que Deus criou para nós.

O homem inventou muitas coisas para estragar nosso paladar. E aquilo que era bom, que nutriria o nosso corpo, fica envenenado com os açúcares e gorduras que lhe é acrescentado. Temos hoje as famosas casas de fast food (comida rápida), que tanto crianças como jovens apreciam. Mas devemos ser cuidadosos, pois esse tipo de comida não é saudável. Você pode não perceber no momento, mas o seu corpo agradecerá se você preferir os pratos saudáveis.

Não é mesmo fofinho?

Então, aqui está um desenho para imprimir e colorir:


Leave a comment »

Uma ajuda aos Papais

“Como um pai se compadece de seus filhos, assim o Senhor Se compadece dos que O temem.” Salmos 103:13

Há uma grande disparidade entre animais e aves quanto ao que os machos de várias espécies podem fazer, mas há muitas espécies em que o “papai” passa mais tempo com as “crianças” do que a mamãe. Consideremos alguns deles nesta manhã.
O tambarola macho arrisca a vida quando uma raposa se aproxima. Esvoaça pelo chão, fingindo estar ferido a fim de atrair a raposa para longe do ninho. Os pequenos papais cavalos-marinhos conduzem os ovos postos postos pela fêmea até que os filhotes tenham nascido. Os machos da barata d’agua gigante podem te até 150 ovos “colados” às suas costas com uma cola à prova d’água produzida pela fêmea. Carregam-nos até que eles chocam. O avestruz macho passa até dois anos com sua prole, ensinando-lhe a respeito da vida.
Entre mais de 90 por cento de todas as aves, os pais estão envolvidos na criação dos filhotes. Somente cerca de 10 por cento dos mamíferos, mas em número surpreendente de peixes e anfíbios têm papais envolvidos em “pajear”. Alguns desses papais preparam o “lar” para a família, enquanto outros estão ativamente envolvidos na criação dos filhos.
O peixe-cachimbo tem uma bolsa perto da cauda. Os ovos são postos dentro dessa bolsa, onde um suprimento de sangue provê oxigênio fresco e alimento para o filhote. Depois de duas semanas os embriões deixam a bolsa e se tornam independentes.
No caso do peixe-gato marinho, o pai carrega os ovos na boca. Depois de chocos, o pai ainda os reúne em sua boca por questão de segurança.
Os mangustos machos protegem a família das cobras e de outros predadores, enquanto a fêmea sai à procura de alimento.
O comportamento dos machos entre as criaturas de Deus pode ou não demonstrar o papel do pai humano, mas uma coisa é certa, há um Pai Celestial que protege, alimenta e ajuda Seus filhos a amadurecerem com Seu amor. Deus amoutanto ao mundo que deu o Seu Filho para salvá-lo. Anseia ter Seus filhos no lar celestial.
Agradeça hoje a Deus por seu cuidado paternal e amor, e diga-Lhe o quanto este amor significa para você.

Esse é o tambarola


Esse é o cavalo-marinho

A barata d’água

O avestruz e seu filhote

O peixe-cachimbo

O peixe-gato marinho

E enfim, o mangusto lutando com a cobra

Leave a comment »